Trilha do Rio do Boi: tudo sobre esse incrível destino

Trilha do Rio do Boi

Um dos locais que mais faz sucesso entre os amantes de trilhas, é a Trilha do Rio do Boi. A beleza do local é impressionante e conquista cada vez mais visitantes, tornando-se uma das mais procuradas trilhas por turistas do Brasil inteiro.

Sobre a trilha do Rio do Boi

Localizada em Praia Grande, Santa Catarina, a trilha do Rio do Boi é diferente das trilhas comuns. A razão é que ela é realizada pela parte de baixo, ou seja, pelo leito do rio. Além da forma peculiar de trilhar, a sua paisagem também é muito interessante.

Afinal, possui diversas cachoeiras e corredeiras, bem como paredes gigantescas cobertas por vegetações. Para passear na trilha do Rio do Boi, é necessário realizar diversas travessias no rio.

Localização e demais informações

A trilha do Rio do Boi está localizada exatamente na fenda do Cânion Itaimbezinho, mais precisamente no Parque Nacional Aparados da Serra. Sabe-se que a trilha possui aproximadamente 7 km que somam 14 km de ida e volta.

Para explorá-la é preciso realizar o trajeto em metades. Isso significa que metade da trilha ocorre no meio das matas, enquanto a outra metade ocorre, de fato, no Rio do Boi e entre as pedras. Totalizando o passeio, é preciso realizar mais de 20 travessias para completar o percurso.

Contudo, é importante frisar que essa trilha não pode ser feita por conta própria. A segurança é o fator primordial na trilha do Rio do Boi. Além disso, também não é qualquer pessoa que conhece o local que pode servir como guia.

Para poder levar as pessoas pelo local, é necessário entrar em contato com alguma agência da região de Praia Grande ou Cambará do Sul. Somente depois é selecionado um guia com o devido credenciamento para que o passeio seja feito.

Equipamentos para adentrar a trilha do Rio do Boi

Como segurança é algo muito importante, a trilha do Rio do Boi exige proteção para as pernas. Afinal, é preciso se proteger contra eventuais mordidas de cobras ou até mesmo contra arranhões e outros machucados.

Trilha do Rio do Boi

Percurso da trilha do Rio do Boi

Para dar início à trilha, é preciso que todos estejam devidamente reunidos em um posto de fiscalização que tem no Parque Nacional onde ela está localizada. O parque está localizado a uma distância de 12 km de Praia Grande.

Mesmo que o percurso seja longo, apesar de divertido, o trajeto não vai até o final do cânion. Dessa forma, a trilha ocorre somente até o ponto onde é possível ter uma vista muito bela do Itaimbezinho, a parte mais alta do cânion que mede cerca de 700 m de altura.

Além disso, a trilha do Rio do Boi colabora para que todos conheçam a imensa natureza que está presente no local, já que, como dito anteriormente, uma parte dela é percorrida dentro da mata. Mesmo que a maior parte seja plana, é muito comum encontrar trechos de subida e afunilamento de percurso.

Quando optar por fazer a trilha do Rio do Boi?

Em geral, a trilha do Rio do Boi pode ser feita em qualquer época do ano. No entanto, muitas pessoas procuram realizá-la no verão, já que essa é, de fato, a época do ano mais indicada. Dessa forma, há menos umidade no ar e é possível aproveitar de forma mais participativa as cachoeiras e piscinas naturais.

Entretanto, no verão o rio encontra-se com um volume maior de água. Logo, isso significa que a trilha somente pode ser garantida pelo parque no dia em que ela for acontecer. Para manter controle e evitar possíveis acidentes, o parque onde a trilha está localizada, realiza uma medição do nível de água.

A intenção é garantir que independente da época do ano, as pessoas tenham a devida segurança na hora de transitar junto ao guia.

Preparativos

Para quem nunca participou de uma trilha, é possível ficar um pouco confuso sobre o que levar. Em geral, a indicação é sempre contar com o auxílio de um protetor solar específico para seu tipo de pele, repelente, água e um lanche saudável, mas reforçado.

Além disso, recomenda-se estar plenamente disposto. Afinal, a trilha do Rio do Boi pode não ser uma das mais puxadas trilhas no Brasil, mas, ainda assim, faz com que todos precisem caminhar 14 km contanto ida e volta. Logo, é melhor passar o dia anterior descansando e se preparando para o passeio.

Em suma, é indicado levar uma mochila que não pese. Mesmo que não tenha uma grande quantidade de subidas, uma carga pesada pode fazer com que a trilha atrase, bem como cansar facilmente quem a está carregando.

É indicado sempre utilizar um par de tênis que seja compatível com a atividade. Portanto, é preciso que ele tenha amortecimento adequado, conforto e, principalmente, que não machuque o pé. Utilizar roupas e calçados confortáveis é muito importante para não prejudicar a trilha ao se machucar.

Principais atrações

Uma grande quantidade de pessoas têm medo de cobras na hora de fazer uma trilha. Ao contrário do que se pensa, é difícil ocorrer acidentes dentro da trilha do Rio do Boi. Dessa forma, é muito mais fácil encontrar lindas e atrativas paisagens do que animais peçonhentos.

Um exemplo disso são as paredes citadas anteriormente, além dos poços que permitem os aventureiros a tomar banho e nadar. Dentro da trilha do Rio do Boi é possível encontrar duas cachoeiras, são elas:

  • Leite de Moça;
  • Braço Forte.

A cachoeira Leite de Moça é conhecida por despencar de forma direta na lateral do rio. Como possui uma queda mais reta, dá a impressão de ser fina, o que lembra um leite de moça derramando. Já a cachoeira braço forte, despenca do penhasco e forma um poço lateral à direção do rio.

Ambas atuam como forte atrativo para visitantes. Além disso, macacos também são facilmente encontrados durante o trajeto, bem como aranhas caranguejeiras.

Considerações finais

A Trilha do Rio do Boi é uma das principais atrações para visitantes que passam pelo Parque. Além disso, é ótima para quem está iniciando nas trilhas e procura algo interessante, bonito e de fácil trajeto.

Deixe seu comentário!