Garganta do Céu: saiba como fazer a trilha até o mirante no RJ!

Garganta do Céu

Vai viajar para o Rio de Janeiro? Para você, viajante, que está com a Cidade Maravilhosa na lista dos próximos destinos, nós temos uma dica para você conhecer um dos pontos turísticos mais deslumbrantes dentre os passeios cariocas: a Garganta do Céu.

De lá do alto, é possível ter uma visão simplesmente espetacular de toda a Zona Sul do Rio, incluindo as suas mais belas e famosas praias. O mirante é um dos mais visitados pelos turistas, inclusive, os mais aventureiros, e fica localizado no Pico dos 4, próximo à Pedra da Gávea.

Trata-se de um ponto estratégico para tirar as fotos mais incríveis da sua viagem ao Rio de Janeiro. No entanto, a trilha é bastante pesada, longa e perigosa, o que significa que ela requer a ajuda de um guia, além de equipamentos de escalada e rapel.

Mesmo assim, ao chegar até o topo, a vista maravilhosa de toda a cidade é gratificante! Ficou curioso e quer saber mais sobre como fazer a trilha e chegar até a Garganta do Céu? Então, continue a leitura desse artigo!

Veja também:

Conheça 7 mirantes no Rio de Janeiro para tirar as melhores fotos!

Pico dos 4 X Pedra da Gávea

Garganta do Céu
Foto: Kmon Adventure

Muitos viajantes confundem a localização da Garganta do Céu, que fica no Pico dos 4, e não na Pedra da Gávea. A confusão se dá por conta de as duas montanhas serem próximas uma da outra, mesmo sendo lugares diferentes.

Na realidade, é possível ir de uma montanha para a partir de uma rota chamada Via P4. Esse caminho ficou bastante popular justamente por conta do mirante da Garganta do Céu, que oferece uma vista espetacular da Zona Sul do Rio de Janeiro.

Para você entender melhor, enquanto a Pedra da Gávea se trata da montanha em formato quadrado vista da Zona Sul ou Zona Oeste da cidade, com acesso através da Carrasqueira (ponto crítico da trilha e bastante perigoso), o Pico dos 4 é, na verdade, uma montanha que fica bem próxima à Gávea.

No entanto, o seu acesso se dá pela Barrinha, um sub-bairro da Barra da Tijuca, onde você cruza o riacho logo no começo da trilha. A única coisa que as duas montanhas têm em comum é o fato de ambas pertencerem ao Parque Nacional da Tijuca.

A origem do nome do Pico dos 4 é devido os viajantes terem de caminhar “de 4” em alguns trechos da trilha, por conta de a montanha ser muito íngreme.

No entanto, se compararmos à Pedra da Gávea, o Pico dos 4 é menos íngreme e, consequentemente, com uma caminhada menos trabalhosa, especialmente para quem vai somente até a Garganta do Céu.

Veja também:

Pontos Turísticos do Rio de Janeiro que você precisa visitar

Como fazer a trilha da Garganta do Céu?

Garganta do Céu
Foto: Luiz Flavio Teixeira da Silva/Trilhando Montanhas/Flickr

Como falamos anteriormente, para chegar até o mirante da Garganta do Céu, é preciso pegar o caminho Via P4, que fica logo no início da trilha que dá acesso também à Pedra da Gávea.

De lá, antes de subir, você precisará de equipamentos de segurança, como de escalada e rapel, para conseguir chegar até o mirante. A caminhada tem uma duração de, aproximadamente, duas horas e é feita toda na sombra, o que é ideal para fugir do calor do Rio de Janeiro.

Além dos equipamentos de segurança, também é preciso muita atenção, uma vez que, nessas duas horas de trilha, você passa ao lado de muitos precipícios. Ou seja, você fica – literalmente – à beira do abismo. Então, todo cuidado é pouco!

Para tudo isso, você vai precisar de um guia profissional experiente. Não tente fazer a trilha sozinho. Até porque, mesmo tendo um bom condicionamento físico, saber o caminho e chegar até a Garganta do Céu não é assim tão fácil.

Inclusive, essa trilha tem um alto índice de pessoas que ficam perdidas no caminho, uma vez que ela não é bem marcada por placas, como acontece no caso da trilha da Pedra da Gávea. Além disso, não é comum encontrar pessoas ou grupos no caminho para dar informações. Logo, contratar um guia continua sendo a melhor opção.

Ao chegar até a Garganta do Céu, a sua recompensa para a longa caminhada será a energia do lugar, que é mágica! Aproveite o momento para fazer a sua reflexão, agradecer pela oportunidade de estar lá e se deslumbrar com o visual maravilhoso. E, claro, tire muitas fotos!

Veja também:

8 praias do Rio de Janeiro que todo turista precisa visitar!

Gostou de conhecer mais sobre o mirante da Garganta do Céu? Então, compartilhe esse artigo com os seus amigos viajantes!

Até a próxima!

Deixe seu comentário!