Buraco das Andorinhas: rapel e lagoa azul em Formosa (GO)

Você colocou o Goiás na lista de próximos destinos para conhecer nas suas viagens? O estado, no coração do Centro-Oeste, bem pertinho de Brasília, é rico em belezas naturais, ideais para quem adora uma aventura e maior contato com a natureza.

A região é popular por seu ecoturismo e, além do encantador Salto Corumbá e da charmosa Pirenópolis, há outro cantinho mágico no bom e velho Goiás que também encanta os turistas: o Buraco das Andorinhas, em Formosa.

Trata-se de uma gruta com águas cristalinas, digna do visual do Caribe, localizada há 50 quilômetros da cidade.

O nome do lugar se dá, como você deve imaginar, por conta da grande quantidade de pássaros habita o local e, inclusive, propiciam uma bela trilha sonora para tornar o passeio ainda mais marcante.

O tamanho do lugar também é incrível. A caverna possui cerca de 148 metros de profundidade e 167 metros de diâmetro, o que chama a atenção dos adeptos à prática de rapel.

No final da descida, é possível encontrar uma densa floresta de vegetação nativa, composta por samambaias gigantes, e um grande salão com uma linda lagoa azul, de 60 metros de largura e 180 metros de profundidade, sendo considerada a maior do Brasil.

Quer saber mais sobre por que vale a pena conhecer o Buraco das Andorinhas, em Formosa (GO)? Então, continue de olho nos próximos parágrafos desse artigo!

Veja também:

10 pontos turísticos de Brasília para conhecer e se apaixonar pela capital do país

Origem e história

Buraco das Andorinhas
Foto: Marcos Serra/Simplesmente Fotografia/Reprodução

Buraco das Andorinhas é uma cratera localizada em Formosa, no Goiás, mais especificamente, dentro de uma reserva particular de propriedade da APA do Cafuringa.

O local possui 30 milhões de anos e foi formado a partir do afundamento do teto de uma gruta maior, como resultado da dissolução de rocha por conta da ação da água sobre o terreno calcário.

Além ser cercado de mata nativa, ele possui em seu interior uma vasta vegetação, incluindo samambaias, e um enorme salão com uma lagoa de água azul e cristalina, que atrai a atenção de turistas dos quatros cantos do Brasil que desejam tomar banhos energizantes e tirar belas fotos.

Além disso, graças à sua profundidade, também chama a atenção dos praticantes de rapel. Outra atração do Buraco das Andorinhas é o muro de entrada que fica na entrada da gruta, que diz-se que foi construído no século 18, a fim de demarcar a propriedade.

O que fazer no Buraco das Andorinhas?

Buraco das Andorinhas
Foto: Foursquare/Divulgação

Os viajantes que vão visitar o Buraco das Andorinhas não ficam entediados! Por lá, é possível fazer várias atividades de lazer e praticar esportes. Veja algumas das opções do que fazer no Buraco das Andorinhas:

Rapel

Lá no local, é possível contratar empresas e guias para adentrar o Buraco das Andorinhas a partir da prática de rapel. Para isso, eles disponibilizarão os equipamentos necessários, tais como cordas específicas e EPI (Equipamento de Proteção Individual), sendo que este inclui:

  • Cadeirinha
  • Mosquetão
  • Capacete
  • Freio 8
  • Luvas
  • Cabo-vida

A idade mínima para praticar o rapel é de 10 anos, sendo que a criança deve estar acompanhada dos pais ou responsáveis. Pessoas que possuam problemas cardíacos, estejam acima do peso (mais de 110 Kg) ou que apresentem algum tipo de debilidade física não podem descer de rapel.

E quem não quiser fazer rapel?

Para quem não prática com essa modalidade esportiva, pode descer o Buraco das Andorinhas com EPI (Equipamento de Proteção Individual) específico. Todo o trajeto será acompanhado por um guia.

Banho na lagoa azul

Chegando ao fim do rapel, você terá que atravessar o grande salão até chegar à lagoa de água azul e cristalina. Para isso, será preciso um cuidado redobrado ao caminhar pelo espaço, uma vez que há pedras soltas e partes escorregadias.

Há empresas no local onde você pode alugar calçados com sola de borracha e roupas leves e, ainda, contratar um guia, pelo valor de R$ 5. Para entrar na água, onde há partes raras e outras fundas, essas mesmas empresas disponibilizam coletes salva-vidas.

Horário de funcionamento

Buraco das Andorinhas
Foto: TripAdvisor/Reprodução

O Buraco das Andorinhas pode ser visitado todos os dias, das 8h às 17h. A entrada para conhecer o paraíso natural fica no valor de R$ 5. Vale muito a pena!

Gostou de conhecer mais sobre o Buraco das Andorinhas, em Formosa (GO)? Então, compartilhe esse artigo com os seus amigos viajantes!

Até a próxima!

Deixe seu comentário!