O que fazer em São Vicente?

O que fazer em São Vicente? 1

Se você está planejando dar uma “escapadinha” no final de semana, tirar férias em família, aproveitar um feriado prolongado e busca por muita badalação ou, pelo contrário, muito sossego, adorará saber o que fazer em São Vicente.

Tudo isso e muito mais você pode encontrar nessa região balnearia que fica a apenas 72 quilômetros de São Paulo. Com efeito, São Vicente é a primeira vila originalmente fundada pelos conquistadores portugueses, de modo que diversas reminiscências históricas podem ser encontradas por lá.

Veja também:

Sem embargo, não falta modernidade, com vida noturna agitada, comércio movimentado e uma infraestrutura completa que não decepciona nenhum de seus inúmeros turistas.

Atrações turísticas

De fato, o balneário de São Vicente engloba mais do que apenas as suas belíssimas praias. Entre os seus banhos de mar, os cartões postais e pontos turísticos que apresentamos a seguir realmente valem a visita!

Então, não se esqueça de visitá-los, apesar de ser difícil sair das lindas praias. Confira algumas das atrações turísticas mais interessantes de São Vicente.

The Club

O “The Club” é ideal para quem deseja virar as noites dançando. Com efeito, esse é o local preferido dos baladeiros. A tecnologia em iluminação e som da casa não perdem em nada a nenhum grande clube noturno do mundo, com som, lasers e leds de altíssima qualidade.

O ambiente dispõe de DJs residentes para manter as pistas sempre animadas, frequentemente acompanhados de go go boys, dançarinos e cantores. Há, além das pistas, um deck junto ao piso superior e uma piscina (que fica coberta em certas épocas do ano), ambos com bares próprios e vista panorâmica para o mar, isto é, a belíssima Ilha Porchat.

Parque Ecológico Voturuá

Essa é a alternativa perfeita para quem almeja fazer passeios tranquilos (com todos os recursos de infraestrutura para atender as famílias). A entrada do Parque Ecológico Voturuá é gratuita, disponibilizando trilhas para caminhadas, playground, estacionamento e banheiros climatizados.

O silêncio dessa atmosfera é quebrado apenas por sons de animais das mais variadas espécies que residem lá e, em sua maioria, adoram interagir com crianças. Embora não seja demasiadamente afastado do centro urbano, o Parque é um verdadeiro oásis de sossego. A tranquilidade é interrompida, porém, quando são promovidos eventos, tais como a popular “Festa do Morango”.

Terraço Chopp

O clima praiano de descontração prevalece em São Vicente. Esse espírito estende-se aos seus bares e restaurantes. Portanto, você deve esperar por espaços descomplicados e tranquilos, mas, com sabores sofisticados e complexos.

Entre petiscos de mariscos e pratos principais compostos por frutos do mar, essas recomendações são para você aproveitar, ao máximo, cada momento e cada garfada! O Terraço Chopp, por exemplo, é o local predileto para degustar porções (como o célebre queijo à milanesa) acompanhadas, é claro, de um chopp bem gelado.

Caso prefira um jantar completo, com, digamos, frango à cubana, ou drinks mais elaborados, o Terraço Chopp também disponibiliza essa alternativa. Todas as porções e pratos são generosos, servindo, em média, de 3 a 4 pessoas. A vista privilegiada da praia é outro importante atrativo do restaurante que não deve, de modo algum, ser negligenciado.

Uma vez que se localiza em um dos pontos mais altos da ilha, é possível observar, de seu mirante, a baía de Santos, que continua linda à noite. Você pode optar, ainda, entre 2 ambientes: o salão externo, com a vista direta para a praia, e o interno, com músicas executadas ao vivo.

O que fazer em São Vicente? 2

Ilha Porchat Hotel

Esse hotel oferece um dos mais privilegiados cenários do balneário, logo à frente da praia de mesmo nome. O edifício é cercado por montanhas, flores e muito verde, sendo possível ouvir o cantar dos pássaros a cada manhã. As aves mais ativas aproveitam o entorno aprazível para emitir fortes cantos, enquanto descem e sobem os morros.

Para a noite e o dia, 3 ambientes adicionais proporcionam tudo em um só lugar: clube noturno, choperia e restaurante, além de um deck com uma maravilhosa vista e piscina, no qual bebidas e porções também são servidas. Ademais, o acesso é facilitado, devido à sua proximidade de Santos.

Teleférico

O Teleférico é um passeio capaz de agradar a todos – dos jovens baladeiros às crianças de passagem. A vista é incrível lá de cima! Além de poder observar a baía de São Vicente e Santos em sua totalidade (assim como fotografar, pois, isso valerá muito a pena), um bom tempo pode ser gasto observando saltos de paraquedistas.

Muitos turistas sentem, até mesmo, aquele “friozinho na barriga”! Caso você passe por lá durante a tarde, compensa aguardar o pôr do sol – é absolutamente lindo!

Restaurante Itapura

Grupos maiores e famílias podem optar por algo mais prático, como um bom self service. E comida com variedade e qualidade pode ser encontrada facilmente no Restaurante Itapura, com uma excelente relação entre lucro e benefício.

As alternativas abrangem desde sushis e saladas às sobremesas e, claro, pratos quentes. O local é climatizado e bastante espaçoso, convertendo-se em um apelativo convite nos dias mais quentes. Ele fica nas proximidades da Ponte Pênsil, o que o torna perfeito para integrar um mesmo passeio.

Quiosque da Cris

Em São Vicente, há opções de sobra para os notívagos. Na verdade, a vida noturna é muito animada na cidade, oferecendo alternativas para todas as preferências e gostos. Isso inclui, obviamente, um point LGBT: o Quiosque da Cris, localizado na famosa praia de Itararé.

O atendimento aos clientes é impecável, realizado pessoalmente tanto pela Cris quanto por sua esposa. Então, aproveite para relaxar com cervejas bem geladas ou fazer um esquenta antes da balada com as exclusivas caipirinhas comercializadas no local.

No entanto, se você quiser matar a fome, pode escolher entre batatas fritas à espanhola (com azeitonas, muçarela e ovos) e lanches na baguete. Entre as muitas famílias que frequentam o Quiosque da Cris, peixes empanados e saladas frescas fazem especial sucesso, sobretudo, quando acompanhadas pela cerveja Baden Baden.

Ponte Pênsil

Você não pode, obviamente, sair de São Vicente sem antes conhecer um de seus mais nobres cartões postais. Enquanto monumento histórico, a Ponte Pênsil foi recuperada, sendo um elo com a Praia Grande.

A Ponte é sustentada por cabos e conquista admiradores pela estética de sua arquitetura, mas também por seu caminho, que propicia uma das mais belas paisagens enquanto ela é atravessada. De um lado, há comunidades ribeirinhas e, de outro, clubes imponentes. Trata-se, em suma, de uma das primeiras atrações que vêm à mente quando pensamos sobre o que fazer em São Vicente!

Deixe seu comentário!