Worldpackers funciona? Veja como viajar de graça pelo mundo com trabalho voluntário

Muito provavelmente, você já deve ter pensado mil vezes em morar fora do Brasil, mas, por falta de grana e condições para garantir a sobrevivência em outro país, possa ter deixado a ideia de lado.

Mas e se eu te dissesse que é possível você viajar e se hospedar por um bom período no exterior, além de ter alimentação grátis e até curtir baladas, apenas em troca de trabalhos voluntários? É o que promete o aplicativo Worldpackers, que você vai conhecer melhor no nosso artigo de hoje.

É isso mesmo! A empresa oferece a oportunidade para que você, que sempre sonhou em morar fora ou passar uma temporada fora do Brasil, conheça outro país e tenha contato com outras pessoas de todo o mundo e, de quebra, ainda saia com uma experiência de trabalho.

Ficou curioso? Então, continue a leitura desse artigo e descubra como funciona o Worldpackers! Vamos lá?

O que é o Worldpackers?

Foto: Em Cantos Pelo Mundo/ Pinterest

Worldpackers é uma plataforma digital que tem a função de conectar viajantes a locais que ofereçam estadia em troca de trabalho. Simples assim! O aplicativo funciona na modalidade de economia colaborativa, focado na realização de intercâmbios de trabalho (work exchange) e voluntariados.

Na prática, a ferramenta ajuda ambos os lados: os pequenos negócios e projetos, tais como albergues, pousadas, projetos voltados à natureza e bem-estar, casas de família e ONG’s, por exemplo, a encontrarem viajantes dispostos a trocar horas de trabalho por hospedagem e outros benefícios gratuitos, enquanto estes podem viver a experiência de conhecer novos lugares e pessoas, além de obter um bom currículo profissional.

Veja também:

Como viajar de graça pela FAB: candidate-se passo a passo

Como funciona?

Ao entrar no site do Worldpackers Brasil, você pode terá que fazer um cadastro, que pode ser como anfitrião (aquele que irá receber os viajantes) ou como viajante (quem vai oferecer horas de trabalho em troca de hospedagem e outros benefícios gratuitos).

No caso dos viajantes, é possível escolher entre dois tipos de trabalho ou intercâmbios para participar do programa:

Work Exchange (Intercâmbio de Trabalho)

Nesta modalidade, você pode viajar trocando horas de trabalho por hospedagem. Você pode oferecer as suas habilidades, colaborando com algum tipo de tarefa por dia e recebendo em troca a acomodação e outros benefícios do anfitrião.

Na prática, trata-se de uma oportunidade barata para fazer intercâmbio a trabalho no exterior, economizando na viagem, ao mesmo tempo em que garante uma boa experiência profissional e de imersão cultural em outro país.

Voluntariado

Para esta modalidade, você pode exercer atividades de trabalho em troca de hospedagem e outros benefícios a partir de duas oportunidades:

  • Social: Para quem procura uma oportunidade de trabalho voluntário em escolas, ONGs e projetos sociais, pode encontrar inúmeras opções em outros países. O tipo de tarefas que serão exercidas vai depender de cada projeto. No entanto, os mais comuns são cuidar de crianças, ensino de idiomas e ajuda comunitária.
  • Bem-estar e natureza: Neste caso, você poderá exercer trabalhos voluntários em institutos de permacultura, fazendas, ecovilas, etc. A ideia é que você possa colaborar com algumas horas de trabalho por dia em troca de hospedagem e outros benefícios oferecidos pelo anfitrião. Além da experiência de trabalho, você também pode ter a oportunidade de viver em comunidade em locais perto da natureza, aprendendo e desenvolvendo tarefas ligadas ao plantio, cultivo, bioconstrução, cuidados com animais, entre outras.

Você pode realizar qualquer uma dessas modalidades de trabalho em mais de 100 países diferentes dentro da plataforma, nas seguintes localidades:

  • Europa;
  • América do Sul;
  • Sudeste Asiático;
  • América do Norte;
  • América Central;
  • Oceania;
  • África;
  • Ásia;
  • Oriente Médio.
Foto: Yázigi Travel Intercâmbios/Reprodução

Dentre as habilidades que os viajantes podem oferecer, estão:

  • Jardinagem;
  • Bartender;
  • Cuidado de plantas e animais;
  • Reparos técnicos e mecânicos;
  • Administração;
  • Recepção;
  • Desenvolvimento web;
  • Ensinar idiomas;
  • Mídias sociais;
  • Pintura e decoração;
  • Ajuda na limpeza;
  • Cuidados e organização;
  • Organização eventos e festas;
  • Guia local;
  • Fotografia;
  • Artes;
  • Música;
  • Mestre de cozinha;
  • Produção de vídeo;
  • Ajudante de cozinha;
  • Ensinar esportes;
  • Receber e ajudar hóspedes;
  • Cuidar de crianças;
  • Comunicação e marketing;
  • Reformar e decorar espaços;
  • Divertir e entreter hóspedes;
  • Ensinar e compartilhar experiências;
  • Cuidados com a natureza;
  • Trabalho comunitário;
  • Cozinha e bar;
  • Tarefas de casa;
  • Melhorias em sites e SEO.

Veja também:

ID Jovem: saiba como fazer o cadastro para viajar de graça pelo Brasil!

Como se cadastrar no Worldpackers?

Foto: Angelina Cheel/Pinterest

Para se cadastrar e participar do programa, basta entrar no site do Worldpackers Brasil e clicar em “Registre-se”. Você pode criar um perfil com a sua conta do Facebook ou entrar com o seu e-mail.

Neste caso, será necessário preencher um pequeno campo com o seu nome, sobrenome, e-mail, data de nascimento e criar uma senha para logar no site. Lembrando que você pode registrar-se tanto como viajante como anfitrião.

Como viajante, você pode navegar entre as as mais diferentes vagas de trabalho ofertadas pelos anfitriões e se candidatar à que melhor se encaixa com as suas habilidades e no seu objetivo ao viajar para outro país.

É essencial que, antes de enviar a solicitação a que você escolheu, você leia bem as descrições da vaga e, ainda, veja a reputação do anfitrião que está ofertando-a.

Felizmente, neste sentido, a plataforma disponibiliza um filtro com os Top Anfitriões (que são aqueles com excelente avaliação e que recebem vários voluntários) e os Anfitriões com Potencial (que são aqueles que ainda são novos, mas com potencial colaborativo extra).

Depois de ter o perfil aprovado pelo anfitrião, vocês deverão chegar a um acordo quanto às condições oferecidas por ele para a vaga (funções a serem desempenhadas, horas trabalhadas, etc.) e, após isso, você precisará fazer o pagamento à plataforma.

Sim! Apesar de oferecer melhores oportunidades de viajar ao exterior, o Worldpackers Brasil não é 100% gratuito. Para firmar o compromisso entre o anfitrião e o viajante, a plataforma cobra uma taxa de US$ 49 por ano, que só pode ser paga pelo próprio site.

Esta é a melhor maneira que encontraram de reduzir as chances de os viajantes darem o cano ou nunca comparecerem às atividades no trabalho ao qual se voluntariaram, bem como evitar dores de cabeça aos viajantes por problemas com os anfitriões.

No entanto, nós temos um cupom de desconto para você. Basta acessar o site oficial e digitar o Código Promocional WANDERINGEARL para ganhar US$ 20,00 de desconto na taxa anual!

Worldpackers é confiável e seguro? Vale a pena mesmo?

Foto: Eurodicas/Reprodução

Sim. A plataforma é 100% confiável e segura e, de acordo com os depoimentos de anfitriões e viajantes que já a utilizaram para realizar os seus projetos no exterior (que você pode ver navegando pelo site do Worldpackers), ela vale muito a pena.

Isso porque, além da taxa cobrada anualmente para evitar problemas para ambas as parte, a empresa ainda disponibiliza um aplicativo, um suporte e um sistema de avaliações para que viajantes e anfitriões possam ter o máximo de informações e amparo da Worldpackers Brasil sempre que precisarem.

Então, não há motivos para ter receio de ao usar a plataforma!

Informações importantes!

Vale lembrar que o Worldpackers Brasil não se responsabiliza por questões burocráticas pertinentes às viagens ao exterior, tais como passagens aéreas, visto, seguro viagem, entre outros. Todo esse primeiro processo deve ser feito e pago exclusivamente pelo viajante.

Gostou de conhecer melhor o Worldpackers Brasil? Então, compartilhe esse artigo com os seus amigos viajantes!

Até a próxima!

Deixe seu comentário!