O que fazer em Jundiaí?

O que fazer em Jundiaí? 1

A Terra da Uva, como é conhecida, é 7ª melhor para se viver no estado de São Paulo, e a 12ª do Brasil. Em 2018, ela foi eleita a melhor cidade de porte médio (com mais de 300 mil habitantes) de todo o território nacional e, em 2019, a 3ª em desenvolvimento social; tornando-a um excelente lugar para viver e investir. Seja para morar ou para visitar, há muito o que fazer em Jundiaí.

Com 75% da população sendo descendente de imigrantes italianos, a cidade de Jundiaí é reconhecida pelo desenvolvimento nas áreas de educação, cultura, meio ambiente e tecnologia. Ela está localizada no interior de São Paulo, a apenas 57 km do centro de São Paulo; ou seja, certa de 40 minutos de carro. Confira o que ela tem a oferecer!

Veja também:

Adegas e vinícolas

Jundiaí, atualmente, conta com 20 adegas produtoras de vinhos. Os vinhos da região são nacionalmente conhecidos. No geral, a bebida é mais doce (vinho de mesa), pois é produzida com uva Niágara Rosada. A Terra da Uva é a maior produtora dessa fruta no Brasil.

Quando o assunto é comer e beber, a dica de o que fazer em Jundiaí é visitar a Rota Turística do Vinho. Lá você encontra diversos restaurantes muito bem avaliados e paisagens lindas. Entre as várias opções, a Adega Juca Galvão chama a atenção. Os vinhos da propriedade são produzidos de forma totalmente artesanal. Além da degustação, a adega oferece diversas atividades de turismo rural a fim de permitir um contato mais direto com a natureza, a agricultura e as tradições locais.

Outra opção da Rota do Vinho é a Adega Beraldo di Cale. Seus vinhos produzidos de forma artesanal e seu restaurante, que funciona somente de sábados, domingos e feriados, serve comidas tradicionais italianas. Nela é possível conhecer mais sobre o processo de produção através de eventos especiais realizados durante o ano.

Além disso, todos os anos, a cidade realiza a Festa da Uva no Parque Comendador Antônio Carbonari, o Parque da Uva. A entrada é gratuita, porém é recomendado a doação de 1kg de alimento não perecível. A festa conta com quatro palcos para atrações musicais e leilões de frutas premiadas.

Com tantas opções maravilhosas, você vai até se esquecer o que são Estrelas Michelin!

Turismo

A cidade de Jundiaí tem 6 rotas turísticas e diversos parques para serem visitados, por isso pode ser difícil escolher o que fazer na cidade.

A Rota da Uva é formada pelos bairros Caxambu, Colônia, Toca, Roseira e adjacências. Nesta região se concentra grande parte da produção de uvas e vinhos da cidade. Além da degustação de vinhos, é possível se deliciar com geleias, pães e bolos caseiros, doces, e massas italianas.

A Rota Turística Terra Nova fica as margens da área de proteção da Serra do Japi. Na região, anteriormente grande produtora de café, é possível fazer trilhas a cavalo e a pé, visitar a Igreja Bom Jesus da Pedra Fina e algumas atrações gastronômicas. Similarmente, a Rota do Castanho, possibilita a visitação a produtores de café, de vinho e a espaços de lazer.

O bairro Traviú é um dos bairros italianos mais tradicionais de Jundiaí, e por isso a Rota da Cultura Italiana é focada nele. Atualmente, o bairro tem mais de 50 pequenas propriedades produtoras. Ao fazer essa rota, você passará por algumas adegas, a antiga Capelinha, a Igreja Nossa senha das Vitórias e a Villa Traviú de Eventos e poderá fazer degustação orientada de vinhos, licores, sucos, geleias e doces.

A poucos minutos do centro da cidade, existe a Serra do Japi. Com cerca de 350 km², serra é detentora 7% de remanescentes da formação original do bioma Mata Atlântica do Brasil. Ela é formada por uma pequena cadeira montanhosa. De fato, uma das paisagens mais lindas de São Paulo!

O que fazer em Jundiaí? 2

Arte e cultura

A cidade de Jundiaí é muito rica em história e cultura. A fim de conhece-la melhor, visite a Rota Turística do Centro Histórico; concentrada no centro da cidade. Nela você pode conhecer centros culturais, museus e prédios históricos.

Um dos principais Museus da cidade é o Solar do Barão. Ele fica no centro da cidade e possui um auditório com capacidade para 80 pessoas, que é usado palestras, projeções de filmes e documentários, audições e reuniões. O jardim do museu tem estilo neorrococó, cerca de 1.600 m² e conta com diversas placas indicando o nome científico e a procedência das plantas encontradas nele.

Outro principal patrimônio histórico de Jundiaí é o Teatro Polytheama, um dos únicos teatros brasileiros com mais de cem anos e que mantém uma programação intensa. Ele é casa da Orquestra Municipal de Jundiaí, da Companhia de Teatro de Jundiaí e da Companhia Jovem de Dança. Com estilo italiano, o teatro tem capacidade para 1.124 pessoas (entre plateia, frisas, galeria e camarote) e boca de cena com 14 metros de largura e 8 metros de profundidade.

Entretenimento

Se você prefere fazer algo mais urbano, Jundiaí também vai te agradar. A cidade tem três shoppings: o Jundiaí Shopping, o mais novo e moderno da cidade, inaugurado em 2012; O Maxi Shopping Jundiaí, que é o mais frequentado da região, visto que é um dos principais centos de compra da região; e o Paineiras, com ambiente mais familiar.

Outro lugar repleto de opções é o Beco Fino, localizado na Avenida Nove de Julho. Nele você encontra os mais variados bares e restaurantes. Entre as opções de entretenimento, se destacam o Phoenix Boliche e Bar e o The Champions Sports Bar.

O Boliche Phoenix conta com 14 pistas automatizadas, bar, espaço de jogos eletrônicos e amplo estacionamento. Por outro lado, o The Champions é um bar temático de esportes com transmissão de jogos ao vivo e mesas de sinuca no segundo andar.

Outra opção da cidade é o Jumpark, o maior parque de trampolins da América Latina. Com 2.300 m², o parque oferece desde o Free Jumping até o Trampolim Olímpico, além de aulas de acrobacias e treinamento funcional.

Considerações finais

Pode ser difícil escolher o que fazer em Jundiaí, pois a cidade tem muito a oferecer. Entretanto, uma coisa é certa: não importa qual o seu perfil, a Terra do Vinho vai te surpreender!

Deixe seu comentário!