Jalapão: o paraíso natural em Tocantins

Jalapão

Cada vez mais o brasileiro vem descobrindo o Jalapão como excelente opção de ecoturismo. Mas a popularidade ainda engatinha, porque a região só passou a receber turistas no começo da década de 2000, quando a primeira agência, Korubo, ousou investir em pousadas e circuito turístico nessa região por muito tempo tão inacessível.

A exploração recente do Jalapão por turistas faz do lugar normalmente receber poucos visitantes e praticamente não impactar a densidade populacional da região. Uma boa notícia se busca um lugar para se refugiar da loucura do mundo e ter contato com mínimo possível de pessoas.

Acessar o local ainda continua um teste de resistência, mas ao contrário do que muitos pensam não se trata de um deserto. Não é um vasto território virgem, sem qualquer tipo de estrada, com lagoas e dunas costeadas por enormes paredões.

Há trechos urbanos, comércio, pessoas no local e apesar do acesso complicado existem locais para se passar a noite sem ser ao relento.

Ok, as informações até agora não parecem ser muito convidativas até aqui. Mas, claro, ainda não informamos, afinal, o que há para se fazer, ver, visitar no Jalapão. Aliás, falta explicar exatamente o que é o Jalapão e onde fica.

Sem dúvida. Vamos dá maiores detalhes nos tópicos abaixo. A dica que podemos adiantar é que se você curte a natureza e adora paisagens naturais de cair o queixo o Jalapão é um local que vai te marcar para sempre.

Duvida? Então saiba mais sobre o Jalapão abaixo.

Confira!

O que é o Jalapão?

O Jalapão não é uma topografia que se repete em outros pontos e nem é um deserto. A região combina áreas de cerrado com campos gerais. As atrações mais procuradas como dunas, lagoas, paredões, se encontram em uma região específica do local: A Serra do Espírito Santo.

O Jalapão compreende uma área de 34 km² que engloba vários estados. Portanto, há trechos urbanos, estradas asfaltadas, mas também de terra, contudo, repleta de paisagens naturais.

A região é considerada um dos maiores blocos de vegetação nativa remanescente no Brasil.

As atrações do Jalapão (aqui vamos dizer apenas de passagem, mas logo mais forneceremos outros detalhes) são rios com prainhas e corredeiras, cachoeiras, belos oásis de vegetação densa em torno de nascentes e fervedouros.

Fervedouros são poços com areia muito fina e em suspensão. A água impede que alguém se afunde em tais poços.

Portanto, o Jalapão é uma área gigante que compreende várias localidades com características distintas, no entanto, o que se destaca são as belezas naturais atrativas para a prática de ecoturismo.

Jalapão

Onde fica o Jalapão?

A região conhecida como Jalapão se situa no extremo leste do estado do Tocantins.  A área faz divisa com outros três estados do nordeste: Bahia, Piauí e Maranhão.

Abrangência que engloba vários municípios. Destacam-se Ponte Alta, Novo Acordo, São Félix e, principalmente, Mateiros, cidade base de quem faz visita ao Jalapão.

Essas cidades abrigam ou estão próximas dos principais pontos turísticos da região.

Não há aeroportos na área conhecida como Jalapão. Isso significa que há apenas uma forma de se chegar até o local: via terrestre.

Para os moradores de outros estados, a melhor rota é pousar de avião no aeroporto de Palmas e de lá seguir pela TO-030 até Santa Tereza do Tocantins. Depois, seguir viagem rumo ao Jalapão pela TO-130 até chegar à cidade de Ponte Alta.

Detalhe que até chegar nesse trecho da viagem, as estradas são todas asfaltadas, contudo, a partir desse ponto as estradas são de areia e com terreno irregular. Por isso é imprescindível contar com um 4×4 para fazer o percurso. Se a parada final for Mateiros, a viagem prossegue pela TO-255.

Prefira as agências ou guias particulares

Como o acesso é precário, há falta de cobertura de internet e telefonia móvel, dificultando para colher informações precisas e pedir por apoio em caso de atoleiros e outras dificuldades. É recomendável ir ao Jalapão via agência de turismo. As agências têm experiência na região e pode te dar todo o suporte para desfrutar ao máximo o passeio.

No entanto, caso viajar por agência esteja fora dos planos, invista ao menos em um guia particular, alguém que tenha experiência de conduzir veículos pelas estradas do local e que conheça bem a região.

As atrações do Jalapão

A seguir indicamos as melhores atrações do Jalapão para que possa aproveitar a viagem ao máximo. Confira!

Dunas do Jalapão

As dunas do Jalapão estão localizadas no Parque Estadual do Jalapão e contempla a Serra do Espírito Santo. Neste local é possível conferir provavelmente a melhor visão de sua vida do pôr do sol. É possível ver a mudança de cor na areia, que vai ficando cada vez mais intensa conforme o avançar da despedida da estrela maior. Muitos chegam a se emocionar no local.

Jalapão

Serra do Espírito Santo

Já que falamos da serra, aproveitamos para indicá-la. Na Serra do Espírito Santo o grande barato é alcançar o platô e acompanhar o nascer do sol. A serra é uma das grandes formações rochosas da região e propicia bela vista da área e das dunas também.

Chegar até o platô exige perna, seguir por trilha de uma hora. Mas quem faz o sacrifício e acompanha o nascer de mais um dia sagrado, costuma não se arrepender.

Fervedouro

Outra experiência única é visitar os fervedouros. Trata-se de um fenômeno especial da natureza. No meio do cerrado arenoso surgem piscinas pequenas que se assemelham como um oásis na paisagem. O especial dessas piscinas é que a água brota das nascentes se misturando a areia com tal intensidade que permite não só os visitantes como a areia boiar.

Observando de fora, parece que a piscina tem um fundo, um chão de areia, mas ao entrar nesses espaços percebe-se que a areia está em apenas em suspensão na água, o fundo não dá para ser avistado. E o mais impressionante é que não é possível afundar. Incrível!

Cachoeiras

várias cachoeiras para se visitar no Jalapão. Há cachoeiras que encantam pelo verde de sua vegetação, pela sequência de quedas d’água embasbacante, por propiciar a prática de rafiting (descer as quedas d’água em bote a remo). As principais cachoeiras da região:

  • Cachoeira do Formiga;
  • Cachoeira da Velha;
  • Araras;
  • Rio Soninho Pequena;
  • Rio Soninho Grande;
  • Cânion do Suassuapara.

Gostou do conteúdo sobre o Jalapão? Então curta, compartilhe, avalie. Seu apoio faz a diferença!

Deixe seu comentário!