Quais são os bairros mais perigosos do Rio de Janeiro?

Bairros mais perigosos do Rio de Janeiro

Para uma viagem tranquila é importante conhecer melhor o lugar onde irá visitar. Caso o destino seja o Rio de Janeiro temos algumas dicas para você. Para começar, vamos conhecer quais os bairros mais perigosos do Rio de Janeiro e como as pessoas são orientadas a se comportar para evitar situações de risco.

Atualmente a violência tem alcançado índices absurdos. O número de latrocínios, roubos seguidos de homicídios, faz com que repensemos horários para caminhar na rua, e mesmo o que portar conosco, evitando sair com celulares ou dinheiro. Quando realizamos viagens a passeio é necessário cuidado redobrado, para não escolher hospedagens ou acabar indo a lugares perigosos.

Com o intuito de ajudar você a conhecer melhor o Rio de Janeiro, cidade linda e com muitos pontos e passeios turísticos, com segurança, vamos entender como é a cidade, quais os principais bairros e quais devem ser evitados.

Por ser uma cidade com grande relação com o tráfico, as ocorrências de roubos e violência na cidade são bastante polêmicas. Por este motivo o Rio de Janeiro é uma cidade considerada perigosa.

A cidade além dos bairros mais perigosos do Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro possui em  média 6,3 milhões de habitantes, os quais estão distribuídos em uma área 1255,3 Km².  A cidade é dividida em quatro regiões. A Zona Norte, que faz divisa com outros municípios e está localizada a oeste da Bahia de Guanabara.

A Zona Sul abrange os famosos bairros Ipanema, Copacabana, Botafogo e a Rocinha. Nesta região estão localizados a maioria dos hotéis. Na Zona Leste está localizado a famosa Cidade de Deus, e outros bairros próximos à  Zona Oeste, as quais não foram oficialmente separadas, onde encontram-se também a Barra da Tijuca e o Leblon.

O município do Rio de Janeiro possui 159 bairros. O litoral divide-se em 3 setores sendo o mais conhecido a Baía de Guanabara. A região central e a região do porto abrange a zona urbana do Leblon, o pier da Barra da Tijuca até Copacabana.

Pontos característicos da cidade

Os pontos turísticos mais conhecidos são o Cristo Redentor e o Pão de açúcar. O Rio é uma mistura de montanhas com vegetação da mata Atlântica à beira mar e uma região com praias exuberantes devido a esse cenário único.

A cidade é uma metrópole à beira mar, e isso faz com que os turistas tenham que ter cuidado até mesmo numa simples caminhada na praia. É uma cidade movimentada, e com muitos turistas. Apesar de na zona sul estarem situadas as praias mais famosas do Rio de Janeiro, como o Leblon e  Copacabana, todo cuidado é pouco, principalmente nos finais de semana.

Há golpes também na entrada do Cristo Redentor, por isso é preciso ter cuidado ao pedir informações e ter contato com estranhos. Também no centro da cidade e no Centro Histórico é preciso escolher horários comerciais e dias de semana onde há movimento de pessoas a fim de garantir a segurança ao visitar monumentos como o Mosteiro de São Bento.

Bairros mais perigosos do Rio de Janeiro

Os bairros mais perigosos do Rio

Todos sabemos que visitar as favelas do Rio de Janeiro pode não ser uma boa ideia devido a violência proporcionada pelo tráfico. Entretanto os bairros de Acari, Costa Barros, Parque Colúmbia e Pavuna são as regiões mais perigosas do Rio. Os dados fornecidos por uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas aponta como essa sendo a região onde foram identificadas mais mortes e fogo cruzado nos últimos anos.

Em seguida, os bairros com maior número de tiroteios foram no Complexo do Alemão, na Penha, Cidade de Deus, e também em Copacabana, estando entre um dos bairros mais violentos do município.

Além desses bairros como a Tijuca e Santa Teresa também encontram-se na lista dos bairros mais perigosos da cidade. Sendo assim, esses locais podem ser evitados por turistas, mesmo durante o dia, pois são os locais com maior incidência de assaltos e roubos.

Dicas de segurança nos bairros mais perigosos do Rio

Para viajar com segurança para o Rio de Janeiro, evite andar com jóias, bolsas, ou artigos de luxo que podem chamar a atenção de ladrões. Procure frequentar as praias em dias de semana, pois aos finais de semana são mais comuns os roubos em massa, principalmente quando as areias estão cheias de turistas.

Ao entrar no mar evite deixar seus pertences sozinhos na areia. Peça a alguém de confiança guardar para você. Evite confiar em pessoas desconhecidas. Evite levar à praia muito dinheiro, celular ou relógios. Tome cuidado mesmo com taxistas, os quais podem acabar superfaturando a viagem sem necessidade. Além disso podem querer informações pessoais, a fim de fornecer a algum terceiro. Por isso evite confiar em pessoas estranhas.

O Rio está mais violento?

Há quem diga que sim. Apesar de os problemas com violência e tiroteios estarem mais concentrados em bairros que não são comumente frequentados por turistas, os pontos turísticos e os meios de locomoção para os turistas proporciona de certa forma menos exposição à situações de risco. O maior problema de insegurança existe para moradores.

Desta forma, muitos podem dizer que o Rio de Janeiro está mais violento para se viver. Porém, os índices de violência, se não estivessem atrelados ao tráfico, seriam comuns aos de outras metrópoles brasileiras.

Ainda assim há regiões na cidade do Rio de Janeiro em que a comunidade frequenta as ruas sem medo algum. Muitas feiras aos finais de semana, e passeios no calçadão são tranquilos e possuem segurança pública, o que está presente principalmente em pontos turísticos da cidade.

Locais mais seguros de se viver no Rio

Ipanema, Jardim Botânico, Leblon e Barra da Tijuca estão entre os bairros mais valorizados da cidade, e por consequência com melhores condições de segurança. Não quer dizer que não há violência. Entretanto a incidência de assaltos, tiroteios e mortes é muito menor quando relacionada aos outros bairros da cidade, até por ter maior policiamento.

A cidade do Rio de Janeiro possui uma grande população e isso faz com que hajam bairros mais perigosos do Rio de Janeiro do que outros. Com estas dicas a cidade maravilhosa pode ser aproveitada com suas lindas praias e paisagens com segurança.

Deixe seu comentário!