Atrações gratuitas em Londres: 14 lugares que você deve visitar

Atrações gratuitas em Londres

De malas prontas para a Europa, em particular, para conhecer Londres? Então fique atento a essas dicas imperdíveis de atrações gratuitas em Londres que devem entrar no seu roteiro!

Apesar de Londres ser uma das cidades mais caras do mundo como Paris, Sidney e Nova York e seu custo de vida ser altíssimo, ela também é uma das poucas cidades que oferecem inúmeros passeios a custo zero.

Considerada a cidade mais globalizada do planeta de acordo com relatório da consultoria Deloitte, Londres consegue atrair talentos e gerar empregos baseados em conhecimento.

De acordo com o relatório, Londres é a cidade mais globalizada do planeta, levando-se em consideração o critério da imensa quantidade de executivos que estudam ou trabalham lá (ou já o fizeram) com 95 nacionalidades e um alcance de 134 países, que foram atraídos pela qualidade de suas universidades e pela força do mercado financeiro.

Mesmo assim, a metrópole da Inglaterra oferece passeios encantadores e sem gastar um centavo, como museus, pontes, mercados, catedrais, entre outras tantas.

Conheça 14 atrações gratuitas em Londres e não deixe de inclui-las em seu roteiro. Assim, você poderá economizar algumas libras e gastá-las de outra maneira!

14 atrações gratuitas em Londres (não ignore a #13!)

1. National Gallery

O National Gallery é um dos museus mais visitados do mundo e inicia essa lista de atrações gratuitas em Londres em grande estilo. A galeria abriga uma coleção de mais de 2,3 mil pinturas de artistas mundialmente renomados como Leonardo da Vinci, Monet, Van Gogh, Rembrandt, Gauguim, Degas e Cézanne.

O acesso ao National Gallery pode ser feito pelas estações de metrô Leicester Square e Charing Cross.

2. National History Museum

Para quem gosta de arqueologia, o Museu de História Natural é um prato cheio! A principal atração, e também a mais popular, é a Galeria dos Dinossauros, que abriga o primeiro fóssil de T. Rex encontrado no mundo, bem como o crânio de um Tricerátops.

O museu, fundado em 1881, reúne mais de 80 milhões de espécimes, entre elas algumas coletadas por Charles Darwin, além de fósseis, slides de seres microscópicos e esqueletos de animais extintos como o mamute e o pássaro dodô.

O acesso ao Museu de História Natural pode ser feito pela estação de metrô South Kensington.

3. British Museum

O British Museum, aberto em 1759, recebe mais de 7 milhões de visitantes por ano, o que faz dele o segundo museu mais visitado do mundo, ficando atrás apenas do Louvre, em Paris.

O museu abriga uma coleção permanente de peças históricas. Entre elas, os frisos do Partenon, de Atenas, a Pedra de Roseta e uma coleção de múmias. O museu ficou ainda mais conhecido quando, em 1999, apareceu no filme “A Múmia”, de Stephen Sommers.

O acesso ao British Museum pode ser feito pelas estações de metrô Russell Square, Tottenham Court Road, Holborn e Goodge Street.

4. Troca da Guarda

Uma das atrações gratuitas em Londres é também um dos eventos mais tradicionais da cidade e que atrai multidões à residência da família real. Podemos dizer que quem visita Londres e não acompanha a troca da Guarda Real, é como se tivesse ido à Roma e não visto o Papa!

A cerimônia tem duração de 30 minutos, com marchas e música da banda militar, e é realizada quando a tropa da Guarda Real que vigia o Palácio de Buckingham, residência da família real, é substituída por outro grupo de soldados.

O acesso ao Palácio de Buckingham pode ser feito pelas estações de metrô Green Park, Victoria Station e St. James’ Park.

5. Portobello Road Market

O Portobello Road Market, localizado no famoso bairro de Notting Hill, em meio a casas coloridas e em funcionamento há mais de 150 anos, é um dos mais conhecidos mercados de antiguidade do mundo.

O mercado é bastante movimentado e divertido, onde podem ser encontradas milhares de antiguidades como bules e xícaras, moedas, livros, gravuras, discos de vinil e tantas outras.

Em meio a tantas antiguidades também são encontradas barracas de alimentos com frutas e verduras, conservas, pães, doces e comida pronta. Mas, prepare o bolso, pois somente a entrada é gratuita!

O acesso ao Portobello Road Market pode ser feito pelas estações de metrô Notting Hill Gate e Ladbroke Grove.

6. Cerimônia das Chaves

Uma das atrações gratuita em Londres e que acontece há 700 anos, todas as noites, pontualmente às 21h53min, é o fechamento da Torre de Londres, quando o chefe dos Yeoman Waders, com o esplendido casaco vermelho e gorro Tudor, surge com as chaves da torre nas mãos.

Escoltado por guardas da Tower of London Guard, que carregam um lampião para iluminar o caminho, juntos trancam as portas da fortaleza.

Apesar da Torre de Londres não ser mais a residência oficial da família real, tampouco abrigar prisioneiros, o ritual continua importante até hoje, mesmo porque a fortaleça ainda guarda Joias da Coroa e outros objetos de valor inestimável.

É importante frisar que a Cerimônia das Chaves é gratuita, mas para visitar a Torre de Londres há a necessidade de pagar ingresso.

O acesso à Torre de Londres pode ser feito pela estação de metrô Tower Hill.

7. Palácio de Westminster

O Palácio de Westminster, ou Houses of Parliament, um dos mais famosos cartões postais de Londres, possui uma arquitetura rica em detalhes e abriga belíssimas pinturas e obras de arte de vários momentos da história.

Tanto britânicos como estrangeiros podem entrar no palácio para assistir a debates do Parlamento britânico.

Já para visitar a Torre de Elizabeth, mundialmente conhecida como Big Ben, é necessário que tenha residência permanente no Reino Unido. Nesse caso, é só agendar a visita, que também é gratuita.

O acesso ao Palácio de Westminster pode ser feito pela estação de metrô St. James’ Park e Westminster.

Atrações gratuitas em Londres

8. Hyde Park

Os parques são um caso à parte nas atrações gratuitas em Londres. A cidade possui vários parques em que o turista pode fazer um piquenique delicioso, passear de barco, andar de bicicleta, relaxar com os festivais e concertos ao ar livre e aproveitar o dia de sol.

Entre eles podemos destacar o Hyde Park, com 142 hectares, localizado no centro de Londres juntamente com os jardins de Kensington, anexos a ele, que formam uma das maiores áreas verdes da cidade. É visitado por mais de 7 milhões de pessoas anualmente.

O acesso ao Hyde Park pode ser feito pelas estações de metrô Hyde Park Corner, Marble Arch, Lancaster Gate e Knightsbridge.

9. Westminster Abbey e St. Paul’s Cathedral

Para visitar o interior dessas monumentais catedrais é cobrado ingresso. Porém, é possível participar, sem pagar nada, da Evensong, missa cantada pelo coro da igreja, que acontece tanto durante, como nos finais de semana.

A visita vale a pena pelo local, para quem aprecia música sacra e pelo coro em si.

O acesso para a Westminster Abbey pode ser feito pelas estações de metrô St. James’ Park e Westminster.

Já para a St. Paul’s Cathedral, as estações podem ser Mansion House, St. Paul’s, Blackfriars e Bank.

10. Little Venice

Entre as atrações gratuitas em Londres, um passeio a Little Venice não pode faltar!

Londres é cortada por canais artificiais utilizados no passado para o transporte de mercadorias antes das construções das estradas de ferro. Esses canais, não há muito tempo, foram limpos e revitalizados, tornando-se um passeio muito agradável a pé, de bicicleta ou de barco.

A Little Venice é o ponto em que o Regent’s Canal se encontra com o Grand Junction Canal, local cercado por chorões que emolduram as casas e se refletem na água.

Possui, ainda, pubs, restaurantes e casas de chá. Caminhar do Little Venice até Camden Lock é um espetáculo à parte!

O acesso a Little Venice pode ser feito pela estação de trem Paddington ou pela estação de metrô Warwick Avenue.

11. Sky Garden

O Sky Garden, localizado no edifício Walkie Talkie, distribuído em três andares, é uma das atrações gratuitas em Londres que possibilita conhecer a cidade de outro ângulo.

O local é muito animado, com área de lazer que conta com um belo jardim paisagístico, terraço, bar e restaurante, cafés e uma área de observação.

O acesso ao Sky Garden pode ser feito pelas estações de metrô Tower Hill, Monument, Tower Gate, Mansion House, Bank e Aldgate.

12. Tower Bridge

Londres possui uma infinidade de pontes que são cartões postais da cidade. Uma das mais famosas e emblemáticas é a Tower Bridge, construída em 1894 sobre o rio Tâmisa.

Com 244 metros de comprimento, a ponte se eleva algumas vezes por dia para permitir a passagem de grandes barcos. Vale a pena conhecer!

O acesso a Tower Bridge pode ser feito pela estação de metrô Tower Hill.

13. Piccadilly Circus

Local ideal para fotos e mais fotos, Piccadilly Circus é um bairro no coração da cidade e uma das atrações gratuitas em Londres mais procuradas por turistas.

Lá, é possível ver a famosa estátua de Eros construída totalmente em alumínio e visitar lojas de marcas famosas.

A Piccadilly Circus também é um ponto de ligação para outras regiões badaladas de Londres, como o Soho, bairro repleto de boates, bares e restaurantes.

O acesso a Piccadilly Circus pode ser feito pela estação de metrô Piccadilly Circus (Piccadilly e Bakerloo Lines).

14. Abbey Road

A foto da capa do último álbum gravado pelos Beatles e lançado em 1969 foi tirada na faixa de pedestres da rua do estúdio Abbey Road, onde as gravações ocorreram.

Até hoje a rua é um ponto turístico famoso em Londres e que irrita muitos motoristas que se veem obrigados a parar na faixa de pedestres para que os turistas reproduzam a foto do álbum!

O acesso à Abbey Road pode ser feito pela estação de metrô St. John’s Wood. Sem dúvida, é uma das atrações gratuitas em Londres que atrai os fãs dos Beatles!

Deixe seu comentário!